segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Um final de grandes emoções

O segundo dia do Festival Lema 20 anos reservava grandes emoções para todos. Às 18:00h a estréia de O mistério dos remédios homeopáticos, levou ao palco a nova geração de atores do grupo. Alguns oriundos de oficinas realizadas pelo Lema esse ano, outros convidados especialmente para esse trabalho e uma mínima representação do elenco veterano. Jovens atores que entraram no grupo já com a responsabilidade de uma estréia em meio a apresentações de destaque como Memórias de um suicida; mas quem disse que a garatoda se intimidou? Entraram em cena como gente grande e deram um show com o texto suave e alegre que faz uma singela homenagem a Eurípedes Barsanulfo e o Colégio Allan Kardec, por ele fundado em Sacramento(MG). O público de aproximadamente 250 pessoas assinou em baixo e validou o novo espetáculo que em breve estará em circuito pelo movimento espírita cearense e talvez em outros Estados. Às 20:30hs, com meia hora de atraso em virtude dos problemas técnicos decorrentes da limitação do teatro, subiu ao palco o último espetáculo do festival, Deus, para uma platéia de pouco mais de 200 pessoas. Sem dúvidas o espetáculo mais completo, do ponto de vista artístico, já produzido pelo Lema. Muito trabalho de corpo, elementos circenses, cenário mais complexo, luz negra, teatro de sombras e um texto envolvente e intrigante, mas para nossa tristesa, um espetáculo que ainda não chegou ao grande público, como ocorreu com Memórias e Louco é Tu. Mas quem compareceu a última sessão de um final de semana exaustivo, hercúleo mesmo, para todos os atores e técnicos envolvidos no evento, se deliciou com a trama da peça e presenciou a interpretação emocionada de Reginauro Sousa, nosso diretor, que se despediu de seu personagem por problemas de saúde. Ele interpreta o enigmático Joy, um ser exótico, de figurino extravagante e escondido atrás de uma máscara, cheio de sabedoria e supostos poderes místicos, que leva um materialista a beira de um ataque de nervos, para convencê-lo da existência de Deus. Apesar das falhas técnicas durante a apresentação, o espetáculo encantou aos presentes e fechou de forma especial as comemorações dos 20 anos desse grupo. Nossos agradecimentos a todos que compareceram e apoiaram, em especial aos familiares de todos nós, que abriram mão do convívio rotineiros com os seus, nos últimos 30 dias. Que venham os próximos 20 anos!(Em breve postaremos as fotos do evento)

5 comentários:

JORGE LUIZ disse...

Infelizmente estou descobrindo o talento e grande profissionalismo do Grupo LEMA tardiamente, pois somente este ano é que tive contato com tão maravilhoso trabalho. As duas apresentações deste domingo foram simplesmente maravilhosas. A estréia do "Mistério dos Remédios Homeopáticos" me emocionou, pois além das gargalhadas, chequei as lágrimas. Todos estavam muito bem, mas não posso deixar de elogiar de maneira mais veemente as interpretações da "Mônica" e do "minhoquinha-Ygor" (menino de borracha). O espetáculo "DEUS" é grandioso, digno de um amadurecimento profissional do grupo. Reginauro está de parabéns, não só pela direção, mas também pela magnífica atuação. Valeu. Eu fui ao teatro com meus filhos, Carol de 17 anos e Paulinho de apenas 8 anos, eles também acharam ótimo.
Como estou começando um trabalho de teatro junto a Mocidade Espírita Paulo e Estevão da Água Fria, sem ter nenhum conhecimento técnico, mas puramente intuitivo, tive grandes lições nesta noite. Faltam palavras para elogiá-los. Toda a equipe do LEMA está de parabéns.
Um abraço.
Jorge Mendes

Reginauro disse...

Puxa Jorge, obrigado pelas palavras amigo. E conte conosco, temos oferecido algumas oficinas à comunidade espírita. Se mantenha em contato conosco, deixe seu email para nós e lhe avisaremos na próxima oficina. Grande abraço.

Isabela disse...

Soube por acaso dos espetáculos e compareci sábado (Memórias de um suicída)e domingo (Deus), levei amigos e todos saíram emocionados. Apesar de algumas falhas, nada minimizou a nossa admiração pelas atuações e pelos roteiros. Todo final de espetáculo era um show à parte... Vê o Reginaldo e todo o grupo chorando no fim de Memórias foi emocionante... Obrigada pela dedicação ao Mestre Jesus e pelo inesquecível final de semana. Gostaria de receber notícias quando houver outro em Fortaleza. Abraços à todos. Parabéns. Isabela (isabelact2@gmail.com)

Grupo LEMA disse...

Oi Isabela, obrigado pela presença e pelas palavras. Que bom que você gostou e quer acompanhar nosso trabalho, manteremos contato, adicione também nosso orkut caso tenha.

Anônimo disse...

Assistir ao LEMA foi indescritível; sinto uma saudade incrível de estar no LEMA atuando também, porque uma vez membro do grupo, nunca se deixa de ser, podem ter certeza que em breve voltarei...sempre que me perguntam sei que digo isso, mas é verdade!
Foi tudo lindo, tudo perfeito. Eu amo muuuuuuuito todos vocês! Beijos!
Ana Brasil